Fofuxo.com

Beagle

Um cachorrinho que já foi usado para caças, hoje é um dos mais populares companheiros. Conheça tudo: origem, características, fotos, etc.

O Beagle é um cãozinho muito interessante. Afinal de contas, ele não é apenas mais um rostinho bonito entre as raças mais populares de cães. Dá pra imaginar que este cachorro já foi utilizado para caça? Apesar de ser considerado uma excelente companhia para as crianças em uma tarde de brincadeiras no pátio de casa, o Beagle sempre possuiu atributos que lhe garantiam um lugar entre os cachorros mais úteis em atividades importantes para os homens em séculos passados.

Que o olfato da maioria dos cachorros é muito apurado todos sabem, mas no Beagle esta característica é ainda mais acentuada. Muitos países utilizam estes cachorros para identificarem cheiros em aeroportos, procurando por alguma coisa relacionada a entrada de produtos agrícolas que sejam proibidas naquele local. Junte isso ao fato do cachorro ter uma capacidade de aprendizado incrível e temos uma raça muito interessante.

Beagle

Confira um pouco mais sobre a história e as características do Beagle.

História do Beagle

Determinar as origens de raças de cães é um trabalho árduo até mesmo para cientistas e pesquisadores. A maioria das raças apresenta uma evolução rápida, o que pode alterar as principais características em pouco tempo (pelo menos do ponto de vista evolucionário). Existem alguns registros da existência de um cachorro muito semelhante ao Beagle moderno na Grécia Antiga. Em tratados que foram datados de 433 A.C. é possível ler sobre uma espécie de cão que consegue identificar a presença de lebres há centenas de metros de distância.

BeaglePulando da Grécia Antiga para a Inglaterra do século XI também encontramos muitas referências a raças que poderiam ser as origens dos cruzamentos que resultariam no Beagle que conhecemos hoje em dia. Duas raças especificamente começaram a ser cruzadas com o objetivo de apurar os principais diferenciais que elas apresentavam, especialmente o Olfato apurado: Talbot e Galgos Ingleses. Os cachorros que começaram a nascer frutos do cruzamento destas duas raças são considerados parentes distantes do Beagle Moderno.

Apesar de pesquisadores conseguirem mapear a origem da maioria das espécies de cães modernos, no caso do Beagle existia um probleminha em termos de registros que acabou dificultando o trabalho em alguns casos. O termo Beagle, em muitos documentos antigos, era utilizado para se referir a qualquer cachorro que fosse de porte médio. Estes documentos datavam especialmente da Inglaterra do século XVIII. Mas estes mesmos documentos provam que durante o mesmo período existia uma preocupação em desenvolver uma raça de cachorros de pequeno porte que fosse eficiente para a caça principalmente de lebres e coelhos. E claro que para executar esta tarefa o olfato aguçado era essencial.

Em termos de referências mais modernas a cachorro, tudo indica que a base para a raça atual tenha sido uma matilha criada pelo reverendo Phillip Honeywood em 1830, também na Inglaterra. Acredita-se que os primeiros cachorros com as características da raça atual começaram a ser exportados para os Estados Unidos a partir de 1840. Foi neste pais que a raça começou a se tornar muito popular também no Canadá, para onde começou a ser exportado alguns anos mais tarde. Os cachorrinhos norte-americanos até mesmo ficaram mais famosos por lá do que no seu país de origem.

Características

O Beagle é considerado um cachorro de porte pequeno em alguns países, e médio em outros, dependendo das especificações de classificação. Mas geralmente ele acaba ficando mais para pequeno do que para médio. O tamanho médio da raça deve ficar sempre entre 33 e 14 centímetros, enquanto que o peso deve chegar no máximo em 16 Kg. Comparando o tamanho apenas da cabeça com o resto do corpo parece que o Beagle possui um crânio mais avantajado, geralmente com um focinho mais curto do que a maioria das espécies com características semelhantes. Lembrando que estas especificações são válidas para análises de cachorros puros da raça.

Beagle

Um fato interessante em relação ao corpo do Beagle está na ponta do rabo. Nas raças puras, esta parte sempre deverá ser branca. Esta foi uma escolha feita ao longo da seleção feita pelos homens e permitia que eles fossem encontrados mais facilmente sempre que estavam farejando com a parte da frente do corpo abaixadas. O corpo, de um modo geral do Beagle, é musculoso, principalmente nas patas, o que permite que ele corra bastante.

A arcada dentária do Beagle costuma ser muito forte, com dentes que se encaixam perfeitamente tanto na parte de cima quanto na parte de baixo, com as duas acabam sendo bem alinhadas com a mandíbula. Os olhos do Beagle sempre chamam muito atenção. Eles geralmente são grandes, de cor avelã ou castanha (e comum encontrar as duas variações em raças puras). O caimento do formato dos olhos sempre dá ao Beagle um ar de quem está pedindo alguma coisa.

Pelagem

BeagleMuitas raças de cães podem ser classificadas como puras ou não apenas observando as cores do pelo, mas no caso do Beagle pode não ser tão simples assim. É possível encontrar diversos tons na raça. Mas existe uma combinação mais comum que é a branca, com áreas pretas e sombra marrom claro.

Ao nascerem estes cães geralmente apresentam uma pelagem preta ou branca, sendo que a partir da oitava semana é que o cachorro começa a ganhar as formas mais definidas em termos de distribuição das cores. A pelagem desta raça é considerada lisa e dura.

Temperamento

O Beagle moderno consegue manter boa parte do temperamento dos seus antecessores, pelo menos de acordo com as referências e também as descrições encontradas. Geralmente eles possuem um comportamento muito calmo e tranquilo, ao mesmo tempo sempre observador. São amáveis com seus donos e provavelmente também com os desconhecidos que chegam no local, portanto não é uma raça muito recomendada para quem está buscando segurança no local. Ataques vindos desta raça são muito raros, mas eles costumam avisar sempre que alguma coisa está errada, seja latindo ou uivando.

Eles não costumam ser tímidos, e gostam sempre de estar perto das pessoas, por isso não se sentem muito à vontade ficando sozinhos. É muito comum ouvir cachorros desta raça e que dormem no pátio chorarem no meio da noite porque não estão se sentindo bem sem outros seres por perto.

O Beagle é um cachorro muito inteligente, mas nem por isso pode ser considerado um cachorro fácil de ser treinado. Isso porque eles acabam tendo um comportamento teimoso em determinados momentos, e também são muito obstinados. Estes são resquícios que ainda sobraram das grandes caçadas as quais faziam parte, onde era necessário muita determinação para aguentar até o fim. Eles também são muito obedientes, mas o problema é que quando estão na rua ou até mesmo dentro de casa as vezes, o olfato acaba chamando mais atenção destes animais, e eles acabam esquecendo completamente o que ele estavam fazendo antes de sentir um determinado cheiro.

Ainda são considerados as companhias perfeitas para as crianças, e exatamente por isso que se tornou um cachorro tão popular entre as famílias norte-americanas. Também costumam se dar bem com outros cachorros e animais de um modo geral.

Beagle

Habilidades

Como já falamos anteriormente, o olfato do Beagle realmente é uma das marcas desta raça, sendo que este pode ter sido o fator determinante para a escolha das outras espécies que deram origem ao Beagle moderno. Uma pesquisa foi feita em 1950 para testar a capacidade olfativa em diversas raças, colocando um rato em um campo de 4 mil metros quadrados. O Beagle conseguiu encontrar o roedor em menos de um minuto, enquanto outras raças levaram, em média, 15 minutos para chegar até o roedor. Cientistas acreditam que o Beagle também tenha alguns outros elementos no corpo que ajudam na hora de sentir os diferentes cheiros, como as longas orelhas e também os lábios grandes.

Outra habilidade do Beagle é a caça, apesar da raça moderna estar perdendo um pouco deste dom natural justamente porque não precisam mais dele para conseguir alimento. Mesmo assim, este cachorro ainda possui habilidades inatas ao seu DNA que permitem alcançar animais de pequeno porte mais facilmente do que a maioria das outras raças. Na antiguidade surpreendia a habilidade do cachorro de conseguir encontrar e capturar animais mais ágeis, como a raposa. Algumas entidades de criadores desta raça ainda tentam manter vivas estas habilidades com exercícios de caça simulados.

Saúde

BeagleUm Beagle geralmente dura de 10 a 13 anos, que é o tempo de vida médio dos cachorros do seu porte. Dentre os principais problemas de saúde que podem ser encontrados nos Beagles estão: Epilepsia, Hipotireoidismo, Nanismo e glaucoma. Em alguns casos, mais raros, cães desta raça também podem desenvolver uma doença chamada artrite imunomediada poligênica, que é quando as articulações sofrem ataques do próprio sistema imunológico. Um outro probleminha comum é a obesidade, especialmente se o cachorro for criado dentro de apartamentos.

É necessário fazer exercícios físicos com eles regularmente para que não engordem muito.  Os cuidados com a alimentação dos Beagle também são necessários, apesar de comerem praticamente qualquer coisa, a preferência sempre são para as rações específicas para a idade dele

Ficha Técnica do Beagle

Ficha Técnica do Beagle
Nome Original Beagle
País de Origem Reino Unido
Porte Pequeno / Médio
Utilização Caça e Companhia
Cuidados Especiais Como tem tendência a engordar, necessita de exercícios diários
Características Físicas Cabeça: possante sem ser grosseira; Orelhas: longas e com as pontas arredondadas; Olhos: tamanho médio, distantes um do outro; Corpo: compacto, com traços de dignidade sem ser grosseiro.
Altura média Macho - 36 a 41 cm • Fêmea - 33 a 38 cm
Peso médio Macho - 10 a 11 kg • Fêmea - 9 a 10 kg
Expectativa de Vida 12 a 15 anos
Cor da Pelagem tricolor (branco, preto e marrom) ou bicolor (branco e marrom)
Tipo da Pelagem curta, resistente e densa
Temperamento cão alegre, audacioso, ativo, energético e determinado, teimoso porém dócil

Postado em - Atualizado .


Pela Web

Comentários