Fofuxo.com

Basset Hound

Reconhecidos pelas suas longas orelhas, essa raça vai te cativar. Conheça sua origem, tipo de pelagem e veja mais fotos.

O Basset Hound pode ser considerado o mais clássico e conhecido de todas as raças que pertencem a esta família, principalmente no Brasil. Como acabou ficando muito conhecido quando foi introduzido nos Estados Unidos, esta raça também passou a ser exportada para outros países da América Latina, especialmente o Brasil. Hoje possui uma grande população em diversos países americanos e europeus.

Apesar de ser considerado uma das raças mais conhecidas da família, não podemos afirmar que foi o primeiro Basset a ser criado, até mesmo porque não existe uma cronologia precisa a respeito da criação e do desenvolvimento desta raça na Europa. Além disso, muito provavelmente o Hound foi resultado de cruzamentos onde ouros cães da família Basset foram envolvidos.

Basset Hound

Vamos conferir mais informações sobre a raça Basset Hound

Origem

Basset HoundO Basset Hound acabou ficando realmente famoso quando começou a ser lavado para os Estados Unidos, o que aconteceu em torno do século XVII. Mas é claro que esta não é a primeira vez que se mencionou a raça. Na verdade, já se ouvia falar neste simpático cachorro, com olhos e orelhas caídas, no início do século XVI. E a maioria das pessoas que olham para eles agora não conseguem imaginar que alguns animais temiam muito a aproximação de um Basset Hound, especialmente os Texugos, já que o cachorro era um exímio caçador.

A grande maioria dos pesquisadores acredita que as pernas curtas, característica desta e de outras raças, acabavam sendo resultado de seleção feita pelos homens. Os cachorros caçadores de animais pequenos precisavam ser ágeis, mas precisavam se esconder bem também. E como nas regiões do campo geralmente existiam matos mais altos, os cachorros de pernas curtas conseguiam levar vantagens em cima de outros caçadores porque conseguia ir por baixo sem fazer muito barulho e sem também chamar muito a atenção dos outros animais.

Além disso, existem registros históricos que apontam que os franceses gostam mais de caçar com estes animais de pernas mais curtas, em um ritmo mais lento. Eles eram muito populares, mas quando aconteceu a Revolução Francesa muitos destes animais simplesmente desapareceram.  Os cães acabaram voltando a ser mencionado nos registros depois da Revolução, quando as pessoas conseguiram voltar a ter suas atividades rotineiras, especialmente as caçadas. O Basset acompanhava de perto o seu dono, sempre a espreita de texugos, lebres, e até mesmo algumas aves, como patos.

Além de fazer o próprio trabalho de caça, ele servia muito como distração para que os caçadores conseguissem disparar suas armas de fogo em coelhos e lebres, por exemplo. Isso porque a maioria dos animais que estavam sendo caçados simplesmente não fugiam ao notar a aproximação do cachorro, já que o extinto natural da caça não conseguia ver o cãozinho como uma ameaça.

De acordo com o mapeamento feito pelos pesquisadores, a raça moderna conhecida como Basset Hound começou a ser desenvolvida a partir do ano 1800, sendo que dois cães são apontados como sendo os responsáveis por este cruzamento: Bloodhound e o Beagle. Os sois também eram considerados cachorros de caça, mas alguns registros apontam que já nesta época o objetivo final do Basset Hound não seria exclusivamente a caça, e portanto ele estava sendo criado mais como um animal de companhia.

Quando ele começou a ser exportado para os Estados Unidos este Basset logo começou a ganhar fama, especialmente pela “cara de coitadinho” que todo mundo enxergava nele. Chegando na América ele se tornou uma das raças prediletas de algumas celebridades, e ainda por cima, a partir da segunda metade do século XX começaram também a ganhar publicidade, participando de uma série de filmes e programas de televisão.

Características físicas

Uma das características mais marcantes deste pequeno cão são suas patas, que são muito mais curtas e grossas do que da maioria dos outros cachorros. Este encurtamento das patas acabou sendo resultados dos cruzamentos feitos lá atrás, sendo que realmente o objetivo era deixar ele mais baixo possível. Mesmo depois de chegar aos Estados Unidos a raça continuou perdendo tamanho em virtude do encurtamento das patas. Além de serem muito curtas, as patas geralmente são bastante grossas, um sistemas de para compensar a falta de tamanho e assim conseguir sustentar o seu corpo.

A pesar das patas muito curte, ele compensa pelas proporções do corpo, sendo que isso faz com que ele seja menos baixo do que muitas pessoas pensam. A altura média que ele fica é em torno dos 33 a 36 cm, média da maioria dos cães desta família, inclusive os que possuem patas maiores. Em termos de peso, como este cachorro costuma ser bastante corpulento, ele fica em torno dos 20kg a 30kg. Realmente é impressionante que aquelas pequenas patas consigam sustentar aquele corpo todo.

Basset Hound

Mas veterinários alerta, apesar de ser um peso normal para raça, ele fica sempre no limite do que pode ser suportado em termos de peso, por isso que é necessário extremo cuidado com a alimentação do cachorro. Se ele ficar um pouco acima do seu peso ideal poderá ter dificuldades para se locomover.

Assim como o seu tronco, que é bastante roliço e corpulento, o pescoço deste cachorro também é extremamente grosso. Os donos até mesmo devem ter um certo cuidado na hora da compra da coleira, porque muitas vezes o tamanho que vendem para cachorros desta altura pode não servir no Basset Hound.

A região do focinho também costuma ser grande em comparação com o resto da cabeça, os olhos quase sempre estão caídos (e isso não significa que o cachorro esteja triste, é apenas um traço físico da raça) e possui orelhas grandes, finas e caídas.

Uma outra característica bastante marcante desta raça é o seu excesso de pele por praticamente o corpo todo. Isso faz com que o animal, quando caminhe, tenha uma formação de rugas pelo corpo, formadas justamente por este excesso. No rosto do animal esta quantidade excessiva de pele também pode ser notada, sendo que este é um dos principais motivos para que ele apresente o olhar caído.

Pelagem

O pelo do Basset Hound geralmente é bastante curto e liso. Pode aparecer de diversas cores, mas o mais comum é o branco com manchas amareladas pelo corpo. Em muitos casos podem apresentar mais de três cores. Mas de acordo com as associações, o mais comum para a raça é a ocorrência de cães tricolores (preto, marrom e branco) ou bicolores (branco e marrom ou preto e branco).

Temperamento

Basset HoundEle não ficou famoso como um dos mais comprados cães de companhia do século XX nos Estados Unidos por nada. Ele realmente possui uma energia contagiante, dificilmente alguém consegue ficar parado ou de mau humor quando está ao lado de um Basset Hound. Quando ele é mais jovem, até uns dois anos de idade, mostra-se um cachorro extremamente ativo e brincalhão. Tudo é motivo de festa. Mas também pode ser um pouco inquieto e ansioso demais. Isso pode fazer com que o cão acabe destruindo alguns móveis, principalmente quando criado dentro de ambientes pequenos e fechados, como um apartamento.

Quando adulto ele continua sendo um cão adapto de brincadeiras, mas um pouco mais calmo. Ele parece estar sempre disposto a aumentar o seu círculo de amizades, seja com outros humanos ou animais. Por isso que geralmente é um cachorro que recebe estranhos muito bem (bem até demais no caso das pessoas não gostarem muito de cachorros). Também é uma raça muito querida pelas crianças.

Mas este forte apego que ele tem com outras pessoas ou animais acarreta em um outro problema também: Ele detesta ficar sozinho. Portanto, pode ser um problema quando a família precisa viajar e vai deixar ele sozinho. Mesmo que ele esteja com outras pessoas ou animais, ele sente muito falta das pessoas que se acostuma, por isso pode passar os dias a uivar e latir. Em alguns casos também pode se tornar um cachorro um pouco ciumento e possessivo.

Habilidades

Basset HoundÉ um cão de uma inteligência razoável, ou seja, não é uma das raças mais espertas que se possui conhecimento, mas ao mesmo tempo aprende algumas coisas, com uma certa insistência. Além disso, ainda consegue manter o seu olfato muito aguçado. Mas como, quando adulto, acaba sendo um cachorro muito tranquilo, não é muito recomendado como um cão de guarda ou algo similar.

Apesar disso, ele gosta muito de exercitar o seu faro com outros animais, por isso adora ficar em um local aberto onde possa sentir cheiro diferentes e até mesmo tentar reviver os velhos tempos e se arriscar em uma caçada a pequenos animais e aves. Na rua, quando estiver passeando, este olfato aguçado pode tirar um pouco a atenção do animal, por isso é necessário sempre bastante cuidado.

Saúde

Esta pode ser uma raça que talvez necessite um pouco mais de cuidados veterinários do que a maioria das demais. Por isso, é muito recomendado que os donos façam sempre avaliações para verificar o estado de saúde dele, especialmente relacionado a problemas de obesidade e dificuldades em se movimentar.

Pode desenvolver alguns problemas nas patas, além de problemas relacionados aos olhos com uma certa facilidade. Esta também é uma das raças que apresenta menor expectativa de vida entre o Basset, cerca de 8 a 10 anos em média.


Você também vai querer ler...

Comentários

Mais Raças de Cachorros