Fofuxo.com

Suíços também começam mobilização contra consumo de carne de cães e gatos

Organizações afirmam que muitos na Suíça consomem salsichas com carnes destes animais.

O consumo da carne de cães e gatos muitas vezes parece algo muito distante do ocidente, algo consumido apenas em países do outro lado do mundo. Mas de acordo com o relatório de uma organização internacional que defende os direitos dos pets, este consumo também acontece em países da Europa, como a Suíça.

Suíços também começam mobilização contra consumo de carne de cães e gatos

A SOS Chats Noiraigue enviou para o Parlamento da Suíça uma petição para que fique terminantemente proibido qualquer tipo de consumo e a fabricação de itens alimentícios utilizando a carne de cães ou de gatos. A petição online que foi criada conseguiu arrecadar, em poucos dias, mais de 16 mil assinaturas.

O mais grave, de acordo com o relatório que foi apresentado por esta organização, é que uma boa parte da população deste país acaba consumindo a carne de cães e gatos sem saber, já que muitas empresas estariam fabricando salsichas com cães e gatos.

De acordo com Tomi Tomek, fundadora e presidente da associação, cerca de 3% das pessoas que moram na Suíça se alimentam diariamente com carne de cachorros e de gatos, especialmente em algumas regiões, como Lucerna, Appenzell, Jura e no cantão de Berna. Apesar dos esforços da associação, ainda não se sabe ao certo quantos animais estariam sendo abatidos nesta indústria.

Suíços também começam mobilização contra consumo de carne de cães e gatos

“O Parlamento não vai fazer nada se as pessoas não se revoltarem. Os suíços têm de limpar sua própria casa", acrescentou Tomek. "Hoje nós não podemos fazer nada, uma vez que não é proibido por lei comer seu cão ou gato, não podemos sequer denunciar aqueles que se dedicam a esta prática, nós simplesmente pedimos a adição de um parágrafo à lei relativa à proteção dos animais domésticos", acrescentou.

A mesma associação acabou conseguindo uma importante vitória em prol dos gatos no país, proibindo a venda da pele dos felinos como elementos de vestuário. 

Postado em .


Pela Web

Comentários