Fofuxo.com

Passageiros acusam TAM de ter perdido sua cachorra

Empresa teria oferecido outro cachorro no lugar da que está perdida.

Se você costuma andar de avião com o seu cão de estimação, ou então está planejando uma viagem desta natureza nos próximos dias, é importante ficar atento e tomar todo o cuidado possível. Passageiros estão acusando a companhia aérea TAM de mais um episódio de descuido com carga animal.

Passageiros acusam TAM de ter perdido sua cachorra

Uma cadela de nome Mel, mistura de vira-latas com boxer, desapareceu durante um voo que aconteceu no dia 18 de janeiro, entre a cidade de São Paulo (aeroporto de Guarulhos) e a cidade de Salvador. Mel estava viajando junto com a senhora Francisca Salustiana dos Santos, 68 anos. Ela é avó de Amanda dos Santos, 17 anos de idade, a dona de Mel.

Perdida

De acordo com as informações que foram repassadas para a aposentada quando ela ainda estava na sala de embarques, Mel teria fugido antes de embarcar no voo. A TAM informou ainda que a cachorra não chegaria ao seu destino junto com a aposentada justamente por estar desaparecida.

“Disseram à minha avó que só começariam a procurá-la no dia seguinte, pois já estava escuro e não havia nada que pudessem fazer naquele horário. Falaram para ela não se preocupar, que assim que ela fosse encontrada a entregariam na casa dela, na Bahia”, conta Amanda, indignada.

Descaso

Passageiros acusam TAM de ter perdido sua cachorra

O problema permanece sem uma solução até hoje. Amanda e sua avó acusam a TAM de descaso com o acontecido. Mesmo com o processo aberto na ouvidoria da TAM, ninguém teria repassado maiores informações para ela sobre o paradeiro de Mel. Um funcionário acabou enviando uma foto para o telefone de Amanda mostrando a caixa onde estaria Mel com a porta amassada, mas não enviou mais nenhuma informação sobre o ocorrido.

Outro cão

Nos últimos dias a TAM entrou em contato com Amanda depois de ser registrado um Boletim de Ocorrência e de ONGs terem sido acionadas. Mas ao invés da solução do problema o contato do funcionário da TAM deixou Amanda mais indignada. Um funcionário teria oferecido um outro cachorro, de qualquer raça, como substituição à Mel.

“Fiquei furiosa. Disse que não, que eu queria a minha Mel e não qualquer outro cachorro”, conta Amanda.

Por enquanto o caso segue sem solução e Mel continua desaparecida. 

Postado em .


Pela Web

Comentários