Fofuxo.com

Enfermeira acaba sendo condenada por matar cadela Yorkshire em GO

Caso ficou famoso pelas imagens que foram captadas pelos vizinhos da mulher que agredia o cão.

A justiça determinou a condenação da enfermeira Camila Correia por ter agredido e matado uma cadela da raça Yorkshire na cidade de Formosa, no estado de Goiás. O fato aconteceu no ano de 2011 e acabou ficando famoso no Brasil inteiro depois que as imagens que mostravam a enfermeira torturando o animal na frente da filha menor de idade foram parar na internet.

Enfermeira acaba sendo condenada por matar cadela Yorkshire em GO

A pena estipulada pela justiça foi reclusão de um ano e 15 dias em regime aberto, que acabou sendo convertida em 370 horas de prestação de serviços à comunidade. Além disso a enfermeira também terá que pagar uma multa no valor de R$ 2,8 mil.

Segundo o que consta na sentença de condenação da enfermeira, não existe nenhuma dúvida que ela foi autora do crime, tendo como prova principal as imagens que foram feitas por vizinhos que moravam no apartamento de cima. A sentença cita que a enfermeira matou o animal com chutes e também com a ajuda de um balde.

Enfermeira acaba sendo condenada por matar cadela Yorkshire em GOCom este flagrante a enfermeira acabou sendo condenada pelos crimes ambiental de maus-tratos aos animais, com um agravante de ter feito isso na frente da filha. No documento também consta o seguinte: “a ré se valeu notoriamente da fragilidade do animal de pequeno porte para praticar o delito da forma como ocorreu”.

Repreensões

A defesa da enfermeira tentou amenizar a sentença alegando que Camila acabou sofrendo uma série de repreensões da própria população. Os advogados dela afirmaram que Camila se viu obrigada a se mudar de cidade para conseguir manter a sua integridade física e mental. O defensor não falou publicamente em qual cidade Camila está morando atualmente, mas o argumento acabou sendo desqualificado pela justiça. 

Postado em .


Pela Web

Comentários