Fofuxo.com

Deputado Feliciano Filho será processado por maltratar cães

Político está sendo citado em ação do Ministério Público de São Paulo.

O Ministério Público de São Paulo ajuizou uma ação civil pública contra o deputado estadual Feliciano Filho (PEN) por motivos de danos ambientais e improbidade administrativa. A grande questão polêmica desta ação é o fato do político ter sido reeleito no último pleito justamente com um programa de defesa dos direitos dos animais.

Deputado Feliciano Filho será processado por maltratar cães

O deputado e mais um vereador da cidade de Campinas estão sendo acusados pelo Ministério Público por maus tratos contra os cachorros que estavam sob os cuidados da ONG Unidade Protetora dos Animais. Além disso o MP também está acusando os responsáveis pela ONG de usar uma área rural de preservação permanente para a atividade de um canil e também de usar veículos, máquinas e equipamentos de propriedade pública em serviço particular.

Na ação que foi ajuizada o MP cita que acabou encontrando uma situação de total negligência e maus tratos de 40 cães que estavam sob os cuidados do caseiro e também de sua família. A ação também anexou uma série de fotos que comprovariam a situação dos animais.

Maus tratos

Segundo a Promotoria, a área estava tomada de sujeira de urina e fezes e muitos animais estavam com doenças, fraturas, tumor de mama e sinais característicos de dor. A medicação estava vencida e o local estava repleto de fezes de roedores.

"Posteriormente, feitos exames laboratoriais, constatou-se que a causa da morte desses animais foi a doença conhecida como parvovirose e que outros cachorros, vivos, poderiam estar acometidos pelo vírus causador desta grave patologia canina, sem qualquer cuidado de isolamento."

Deputado Feliciano Filho será processado por maltratar cães

Defesa dos animais

O deputado Feliciano Filho acabou conseguindo um número expressivo de votos nas últimas eleições em São Paulo justamente por apresentar um programa completo de defesa dos direitos dos animais. A bandeira principal do candidato era ser o “único deputado 100% dedicado à causa animal”.

Já o deputado afirma que a ação trata-se de uma “armação contra ele”. 

Postado em .


Pela Web

Comentários