Fofuxo.com

Cachorro abandonado por suspeita de estar com ebola foi adotado

História correu o mundo depois de ser destaca pela imprensa internacional.

Parece que a história do pequeno cãozinho que acabou sendo abandonado pelo seu dono depois da suspeita de ter contraído o vírus da Ebola vai ter um final feliz. O cão, que tinha dois anos de idade e que andava junto com outro cachorro que pertencia a enfermeira Teresa Romero, confirmada com o vírus, e que acabou sendo sacrificado, acabou ficando famoso no mundo inteiro.

Cachorro abandonado por suspeita de estar com ebola foi adotado

A informação de que o cão abandonado ganhou um novo lar foi divulgada pela Escola Canina Esga del Álamo (Madri). De acordo com a instituição, muitas pessoas entraram em contato querendo adotar o cão depois que a sua história acabou ficando famosa e amplamente divulgada pela mídia de um modo geral.

O cão acabou frequentando a escola por um tempo, passando por uma sessão de treinamento com o objetivo de aprender alguns truques e também melhorar o seu comportamento de um modo geral, já que o dono reclamava que o cão era um tanto quanto “maluco”.

Boa parte do sucesso em conseguir uma nova fase para o cachorro foi o faro da história também ter chamado a atenção das pessoas na internet, especialmente nas redes sociais. Rapidamente os posts que foram feitos contando a história do cão forram compartilhados por milhares de pessoas.

Perigo para família

Cachorro abandonado por suspeita de estar com ebola foi adotadoSegundo o depoimento dos responsáveis pela escola de cães, o dono do cão tinha ficado com muito medo que o animal tivesse contraído o vírus do ebola e que levasse algum risco para a família inteira. A escola afirmou que levou o cão para fazer todos os exames necessários para realmente atestar a boa saúde do animal. Ele ainda está sendo monitorado constantemente, com medições de temperatura, mas até o momento nada indica que o animal contraiu o vírus.

Crise

Na Europa, com o medo que muitas pessoas estão tendo do vírus do Ebola, os animais de estimação estão enfrentando uma situação complicada também. Existem muitos relatos de pessoas que estão abandonando seus animais ao menor sinal de doença provocada por vírus, seja ele qual seja.

Por outro lado, também existe uma grande preocupação de pessoas e ONGs que estão com medo que pets comecem a ser sacrificados ao menor sinal de Ebola, como aconteceu com o pet da enfermeira, já que as autoridades não provaram que o cachorro tinha realmente o vírus antes de fazer o sacrifício. 

Postado em .


Pela Web

Comentários