Fofuxo.com

Seborreia em cães

Cachorros também podem sofrer com este problema que incomoda tanto os humanos. Saiba como tratar.

A caspa, que em alguns casos passa a ser chamada de seborreia, principalmente em relação a sua intensidade, não é um problema que aparece somente nas cabeças dos humanos. Os cachorros também podem desenvolver este problema, e este diagnóstico é encontrado até mesmo com bastante frequência entre os caninos.

Seborreia em cães

Sintomas

O surgimento da seborreia em cães que tenham a pelagem mais escura acaba sendo detectado com mais facilidade do que nos animais que possuem pelo branco ou mais claros. O aspecto da seborreia que fica por cima da pele do animal é muito parecido com o que aparece nas cabeças dos humanos, sendo que em alguns casos este problema acaba dando muita coceira no animal. Além da coceira, o animal com seborreia também pode ter uma queda de pelos mais frequente do que os outros animais.

Outro sinal do problema nos animais é que a seborreia, frequentemente, acaba gerado a formação da escamas, sendo que elas que acabam se desprendendo da pele. Antes de se desprender elas podem ter um aspecto mais úmido, sendo que se o animal coçar com muita  força neste sentido ele pode gerar uma ferida.

A pele do animal também acaba ficando muito mais gordurosa do que normalmente, dando aquele aspecto de pelos mais oleosos.

Causas

Existem várias causas que podem desencadear a seborreia nos cães, sendo que ela pode aparecer por causa da ingestão de determinados medicamentos que os cães estão tendo que tomar para algum outro problema, ou ainda de fundo endócrino, com alguma deficiência de vitamina , ou ainda problemas relacionados ao metabolismo dos animais.

Diagnóstico e tratamento

Seborreia em cães O diagnóstico final, como sempre, deve ser feito por um médico veterinário, que vai examinar cuidadosamente a pele do animal para tentar encontrar os focos da seborreia, que são justamente estas escamas que vão sendo formadas em determinadas partes do corpo do bicho.

A partir da identificação destas escamas, os veterinários começam a investigar quais seriam as possíveis causas deste problema, sendo que em alguns casos pode ser necessário exames de sangue.

A partir da identificação da causa o tratamento começa, sendo que vai depender sempre do problema que o animal está tendo. Geralmente os veterinários recomendam que se utilize xampus, pomadas e afins, ou ainda algum outro tipo de medicamento via ora ou injetável. 

Postado em .


Pela Web

Comentários