Fofuxo.com

Saiba um pouco mais sobre a diabetes no animais

Cães e gatos também podem desenvolver a doença que é muito comum nas pessoas.

Não é nada incomum conhecermos alguma pessoa que possui diabetes. Afinal de contas, esta é uma das doenças que mais atingem seres humanos no mundo todo. Mas se engana quem pensa que somente as pessoas podem sofrer com esta falha na produção da insulina natural do corpo que ajuda a manter os níveis de açúcar no sangue. Nossos amigos de estimação, como cães e gatos, também podem desenvolver esta doença ao longo de sua vida.

Saiba um pouco mais sobre a diabetes no animais

A diabetes em cães e gatos acaba se desenvolvendo de forma muito parecida como em humanos. Ou seja, com o tempo o organismo vai perdendo sua capacidade de produção de insulina, e com isso as taxas de açúcar que ficam concentradas no sangue acabam aumentando consideravelmente.

Sintomas

Apesar de ser uma doença que acaba se desenvolvendo de forma silenciosa, a diabetes nos animais acabam gerando alguns sintomas que poderão ser observados pelos donos. Antes de mais nada, é importante ficar de olho na quantidade de vezes que o animal urina. Geralmente quando esta quantidade de vezes que o cão ou gato faz xixi pode significar que o animal já esteja sofrendo deste problema.

Além disso, o animal passa a beber uma grande quantidade de água, muito mais do que o normal. Quando ele não encontra água em seu potinho ele acaba procurando outras fontes menos convencional, até mesmo em vasos sanitários.

Outro problema é que quando o organismo não consegue absorver e quebrar as moléculas de açúcar naturalmente ele acaba ficando com mais fome, e assim acaba comendo compulsivamente. Mas ao mesmo tempo que o animal come demais ele passa a emagrecer, porque o organismo em busca de energia acaba consumindo a gordura e os músculos dos animais, ao invés do açúcar.

Mais um sintoma muito comum nos animais que já estão com sua diabetes desenvolvida em estágio mais avançado são os problemas na visão como a catarata.

Diagnóstico e tratamento

Quando os donos identificam dois ou mais dos sintomas mais comuns descritos acima, é importante levar o animal para o veterinário. Através de um exame de sangue será possível identificar se o animal pode estar desenvolvendo este problema.

Assim que a diabetes for diagnosticada no organismo, será necessário começar o tratamento imediatamente com as injeções de insulinas. Estas aplicações podem ser ministradas na própria casa ou na clínica veterinária.

Além disso, os donos deverão aprender também a monitorar os níveis de glicose dos animais. Hoje em dia existem aparelhos acessíveis que podem mostrar a quantas andam a diabetes

Postado em - Atualizado .


Pela Web

Comentários