Fofuxo.com

Saiba mais sobre a depressão canina

Problema geralmente deixa o cachorro amuado e triste.

A depressão canina é um problema que não é considerado raro, pode acontecer praticamente com todo o cachorro pelo menos uma vez na vida. Mas isso não significa que ele o dono não tenha que dedicar uma atenção especial ao problema.

Saiba mais sobre a depressão canina

Saiba mais sobre a depressão canina

Causas

Os especialistas já conseguiram identificar uma série de situações que podem acabar causando a chamada depressão canina. O mais interessante é que os motivos são muito parecidos com os que levam as pessoas a também desenvolverem um quadro de depressão: as experiências traumáticas, as mudanças de local bruscas ou ainda as persas afetivas costumam ser as mais comuns.

Esta é uma doença que pode acontecer em qualquer raça de cão, não existe uma especifica que tenha mais propensão ao desenvolvimento deste problema. Mas os cães que são de companhia, ou seja, aqueles que passam o tempo todo com os  seus donos, costumam ser mais propensos a desenvolverem o problema.

Sinais clínicos

Depressão CaninaOs donos devem ficar sempre muito atentos aos possíveis sinais de uma depressão que pode estar tomando conta do seu cão. A perda de apetite e o isolamento geralmente são os primeiros sinais mais percebíveis. O cachorro simplesmente para de comer, mesmo que seja o seu alimento predileto. Ainda por cima, prefere ficar mais tempo sozinho do que com o seu dono.

Neste isolamento os cães com depressão também costumam apresentar apatia, ou seja, não respondem aos estímulos dos seus donos. Nos casos mais graves ficam agressivos e intolerantes a presença de qualquer animal ou humano por perto.

Dicas para prevenção

Antes de aprender a tratar o problema, é importante que o dono saiba como prevenir a doença. É importante não criar hábitos nos cães que não possam ser seguidos, porque isso cria uma expectativa nos animais que podem levar a depressão.

É importante tentar criar um meio termo entre dar atenção mas não deixar o cão totalmente dependente de apenas uma pessoa. Por isso, é importante incentivar ele a se relacionar com outras pessoas e com outros animais.

Tratamentos

Os melhores tratamentos para cada caso de pressão será definido pelo veterinário. Em alguns casos será recomendado a utilização de medicamentos alopáticos ou até mesmo homeopáticos.

Para casos mais graves também existem terapias destinadas especificamente para os cães e seus donos. O principal objetivo e descobrir os motivos que levaram o cachorro a desenvolver este problema. 

Postado em .


Pela Web

Comentários