Fofuxo.com

Dicas e cuidados com os dentes caninos

Doenças nas bocas dos cachorros ainda são bastante comum pela falta de atenção dos donos de uma forma geral.

Muito se fala em relação a todos os cuidados que as pessoas devem ter com a saúde dos animais de uma forma geral. Especialmente aqueles que estão entre os animais de estimação e que fazem parte, de uma maneira mais próxima, do dia a dos humanos. Apesar do aumento deste tipo de cuidado, que pode ser observado na última década, os dentes ainda podem ser considerados como um problema.

Dicas e cuidados com os dentes caninos

Os cuidados com bucais nos cães, por exemplo, ainda é visto como algo que não precisa ser feito com tanta urgência. Mas um dos principais motivos para este tipo de pensamento de parte dos donos de cães acaba sendo justamente a falta de informação sobre o assunto. Da mesma forma que outras partes do corpo dos cachorros, os dentes costumam apresentar diversos problemas que podem complicar a vida dos cães.

Principais doenças bucais caninas

Doença Periodontal: Esta doença está diretamente relacionada com uma inflamação na gengiva que pode causar dor e sangramento no animal. Se ela não for tratada durante algum tempo, pode se complicar e fazer com que o cachorro perda boa parte dos seus dentes. As bactérias desta doença também podem entrar na corrente sanguínea.

Tártaro: Essa doença é conhecida também como placa bacteriana, e pode alterar o formato dos dentes dos cães, deixando eles tortos. Com isso, os cachorros podem vir a ter dificuldade para comer.

Dicas de cuidados para manter os dentes em dia

Escovação

Existem diversos produtos que podem ser encontrados nas pets dos dias de hoje que prometem ajudar na limpeza dos dentes, como determinadas rações e também alguns outros itens e objetos que os cães precisam ficar mastigando. Mas eles não são eficientes se os donos também não adotarem outros cuidados paliativos.

A principal nunca vai deixar de ser a escovação dos dentes dos cachorros. Este é um processo que precisa ser feito diariamente, com ajuda de uma escova que foi criada com um formato próprio para se ajustar nas bocas dos cães.

De acordo com os veterinários, esta escovação deve ser feita diariamente, mas caso seja complicado para os donos, pode ser feita em dias alternados. Os movimentos devem ser circulares, como na escovação de dentes humanas, e não é necessário utilizar outros produtos, como pasta de dente. Somente é preciso limpar bem as escovas depois de cada processo.

Postado em - Atualizado .


Pela Web

Comentários