Fofuxo.com

Cálculos Urinários

Saiba mais sobre este problema que é bastante comum entre os cachorros.

Se você está percebendo que o seu cachorro, nos últimos tempos, está apresentando uma certa dificuldade na hora de urinar, ou ainda sente alguma dor ou sai sangue, pode ser que o animal esteja sofrendo com cálculos urinários, que também podem ser chamados de Urólitos. Geralmente estes cálculos se formam dentro da bexiga, mas em casos mais raros o problema também pode surgir dentro do rim.

Cálculos Urinários

O que é?

O cálculo nada mais é do que uma espécie de pedra que é formado de diversas formas, como uratos, oxalato de cálcio, fosfato, dentre outros. A medicina veterinária ainda não sabe ao certo o que faz com que estes diversos componentes se agrupem e formem o cálculo. O que se sabe é que muito provavelmente existe uma predisposição genética para o surgimento destas pedras.

Apesar do problema poder surgir em praticamente qualquer período da vida do animal, existe um determinado período da vida deles que realmente existe uma chance maior disso acontecer, que é entre 1 e 6 anos de vida. Além disso, o problema é muito mais comuns em machos do que em fêmeas.

Sintomas

Cálculos UrináriosComo citado anteriormente, os animais que apresentam os cálculos já desenvolvidos apresentam alguns sinais clínicos, sendo que podem surgir vários sinais ao mesmo tempo ou apenas um de cada vez. Os mais comuns urgem com sangue na urina, dificuldade de urinar (quando o cachorro força e sai apenas um pouco da urina ou quando ele fica muito tempo sem urinar), dor abdominal, apatia e também a falta de vontade de comer.

O diagnóstico deve ser feito por um veterinário, sendo que ele é bastante simples. Em determinados casos apenas no apalpar da região o médico já consegue identificar se ele possui ou não cálculo urinário. Alguns veterinários poderão pedir alguns exames complementares para confirmar o diagnóstico, como raio x e exame de urina.

Tratamento

Em todos os casos do diagnóstico desta doença, o tratamento é feito de forma cirúrgica, ou seja, o animal precisa passar por um procedimento manual para retirada destes cálculos. Este procedimento deve ser feito antes que as pedra fiquem muito grandes e comecem a obstruir completamente as vias urinárias do cão.

Depois da retirada do cálculo, será necessário fazer um tratamento com medicamentos para que eles não apareçam mais. 

Postado em .


Pela Web

Comentários