Fofuxo.com

A importância dos pets nas eleições

Animais aparecem com força nas pautas de diversos candidatos.

Os cães e os gatos não estarão na frente da urna no próximo domingo escolhendo os seus candidatos preferidos e que irão representar as suas ideias e defender os seus ideais durante os próximos quatro anos. Mas enga-se aqueles que pensam que os pets não estarão, de alguma forma, sendo representados nas eleições.

A importância dos pets nas eleições

Na verdade, os pets já estão participando fortemente das eleições desde o momento que os candidatos começaram a espalhar suas ideias e propostas. Nunca antes na história da recente democracia brasileira tivemos tantos candidatos tentando uma vaga como deputado com a promessa de defender a bandeira não apenas dos pets, mas da causa animal.

Um para dois

De acordo com os dados mais recentes em relação a quantidade de animais de estimação existente no Brasil, são 106,2 milhões de pets espalhados por todo este país de dimensões continentais. Isso significa que já existe praticamente um animal para cada dois habitantes. Em termos mundiais, o Brasil é considerado como o 4º maior país em quantidade de pets, perdendo apenas para China, Estados Unidos e Reino Unido.

E toda esta quantidade de cães e gatos também acabam refletindo diretamente na economia. Números revelam que o faturamento da indústria de produtos para animais de estimação deve chegar aos R$ 16,47 bilhões no final deste ano, um crescimento de 8,2% em relação ao ano passado.

A importância dos pets nas eleições

Tudo isso acabou criando uma grande pauta política, com candidatos defendendo os animais de estimação por todos os lados. Alguns acabam focando suas promessas na luta pelo aumento das punições contra os crimes contra os animais. Outra preocupação que está na agenda do dia também são os cuidados com a saúde pública, uma vez que animais nas ruas acabam aumentando as doenças que também podem acabar afetando as pessoas.

Por isso, se você está preocupado com o futuro dos animais, vale a pena analisar a proposta de alguns dos candidatos que prometem defender a causa. Mas não esqueça, de nada adianta apenas votar. É importante também acompanhar e cobrar de perto para saber se realmente as promessas feitas na campanha estão sendo cumpridas. 

Postado em .


Pela Web

Comentários