Fofuxo.com

Hospital autoriza entrada de animais para visitar donos internados

Iniciativa inédita foi tomada pelo Hospital Albert Einstein, de São Paulo, e foi muito elogiada, especialmente nas redes sociais.

Uma iniciativa inédita envolvendo a entrada de animais dentro em um ambiente hospitalar acabou gerando uma onda de comentários na internet, especialmente nas redes sociais. Mas o mais interessante do fato é que, diferentemente da maioria das ações, a grande maioria das pessoas acharam muito positiva iniciativa. O Hospital Albert Einstein, localizado na cidade de São Paulo, permite que animais de estimação sejam levados até seus donos que estão internados.

Hospital autoriza entrada de animais para visitar donos internados

De acordo com as informações que foram publicadas, a autorização é válida para cães, gatos, passarinhos e coelhos. Mas o hospital alerta que os casos precisam ser avaliados individualmente para liberação da entrada do animal na dependência hospitalar. Até o momento, já foram autorizadas 40 entradas de animais dentro do hospital. A avaliação precisa passar pelo aval da equipe médica.

Visita monitorada

Animal pode ajudar na recuperação do dono.A medida foi tomada pelo hospital porque a equipe médica acredita que a presença dos animais de estimação no quarto de recuperação dos pacientes podem ajudar muito na recuperação. Mas é claro que isso sempre vai depender da situação do paciente, e por isso mesmo que a avaliação deve ser feita juntamente com uma equipe médica para saber se o animal pode entrar sem comprometer ainda mais a pessoa que está passando por tratamento médico.

O hospital afirma que toma também algumas outras medidas para garantir a segurança dos demais pacientes. Os animais que entram no local devem apresentar uma carteira de vacinação devidamente assinada e com todas as doses em dia. Além disso, o animal também precisa tomar banho antes de ter sua entrada autorizada no quarto. 

Já em relação ao tempo que o animal poderá ficar no local depende do comportamento dele. Se ele ficar muito agitado, a visita é interrompida.

Uma outra medida que o hospital também tomou está relacionada as necessidades fisiológicas do animal. Afinal de contas, é muito complicado realmente controlar quando o animal vai fazer as suas necessidades, sendo que ele pode até mesmo fazer dentro do quarto por ficar nervoso. Mas o hospital pede que os animais utilizem fraldas descartáveis ao entrar no quarto. 

O animal também não pode estar doente quando entra no quarto. Toda a visita é acompanhada uma equipe composta por diferentes profissionais da área da saúde, sendo que esta medida é fundamental para que o hospital consiga manter estas visitas para os pacientes. Dentre os profissionais envolvidos, estão enfermeiros, fisioterapeutas e nutricionistas.

Caso o animal seja de grande porte e os enfermos tiverem condições de saírem de seus quartos, existe a possibilidade que a visita aconteça em um outro ambiente, como o pátio interno do hospital. 

De acordo com as informações que foram divulgadas pelo próprio hospital, o Einstein é o primeiro hospital da América Latina a obter o selo Planetree, que certifica entidades de saúde que se preocupam com a humanização do atendimento, sendo que a permissão da visita de animais é uma destas medidas.

Postado em .


Pela Web

Comentários