Fofuxo.com

Dicas para receber um cão em casa

Confira os preparos para a chegada de um novo membro canino na família.

Comprar ou adotar um cachorro pode ser uma tarefa simples para alguns donos, especialmente os mais descuidados, mas na verdade deveria sempre exigir um nível de cuidado um pouco maior. Alguns donos acabam se preparando como se fosse a chegada de um bebê em casa, também não é preciso tanto. Basta entender que o seu novo amiguinho terá necessidades e a casa deve estar apta para oferecer conforto e segurança.

Dicas para receber um cão em casa

Tarefas em família

Preparar o ambiente que vai receber o cachorro é fundamental. Antes da chegada do cão é muito importante uma conversa franca e honesta entre a família para distribuir as tarefas. Especialmente quando a família conta com crianças, é importante fazer com que os pequenos tenham responsabilidades com o cão. É importante distribuir as tarefas também para uma pessoa não fique completamente sobrecarregada. A divisão de tarefas também garante que tudo mundo se apegue ao cão, mais do que simplesmente estar ao lado dele no momento da brincadeira.

Um cão também deverá ser ensinado e condicionado a fazer determinadas tarefas, e para isso as pessoas precisam combinar entre todos os membros palavras em comuns para dar ordens ao cão. Isso vai evitar que o cachorro não tenha uma referência na hora de obedecer.

Por último, é importante fazer uma lista de itens que deverão ser comprados para receber o seu novo amigo com tudo o que ele merece. É importante incluir nesta lista as tigelas para que ele coma e beba, os brinquedos para morder que serão muito importantes nos primeiros anos, todo o kit de higiene que será utilizado para limpar o cão e o local, a comida, neutralizador de odores para quem for colocar o cachorro dentro de um apartamento, coleiras, dentre outros. Se ficar na dúvida sobre algum item, procure sempre a orientação de um veterinário.

Reconhecimento da área

É importante ter um pouco de atenção no local onde o cão vai ficar. Para isso, verifique cuidadosamente se não existem fios elétricos soltos que possam ser mordido pelo filhote, que é sempre muito curioso, ou ainda produtos químicos perigosos que possam estar ao alcance deles. Uma dica é chegar o mais próximo do ponto de vista que o cachorro terá para saber o que ele está enxergando. 

Postado em .


Pela Web

Comentários