Fofuxo.com

Conheça o projeto que treina e doa cães para cadeirantes

Animais ajudam as pessoas que possuem impedimentos de mobilidade.

Quando falamos em cachorros treinados para ajudar pessoas que possuem algum tipo de deficiência a grande maioria acaba pensando nos cães-guias utilizados pelas pessoas que possuem algum tipo de deficiência visual. Mas os animais também podem ajudar outros tipos de pessoas, como é o caso de cadeirantes.

Conheça o projeto que treina e doa cães para cadeirantes

Um projeto muito interessante treina e doa os chamados Cães de Serviço, que são utilizados pelas pessoas que possuem problemas de mobilidade. Chamada “Cão Inclusão”, a iniciativa tem como principal objetivo fazer com que as pessoas conheçam mais sobre estes cães que podem ajudar muito as pessoas que não conseguem se movimentar livremente sem o auxílio de cadeiras de rodas.

A entidade acaba treinando os cães para que eles possam ajudar os cadeirantes, além de promover a doação para os necessitados sem cobrar nada por isso. Este tipo de treinamento específico para os cães ainda não é muito comum no Brasil, mas já está bastante difundido na Europa.

Treinamento árduo

Conheça o projeto que treina e doa cães para cadeirantes

De acordo com os participantes da iniciativa, os cães passam por um treinamento árduo para que os animais passem a ajudar os 

cadeirantes, sendo que o tempo médio que pode demorar para que o cachorro esteja pronto para atender uma pessoa com necessidades relacionadas a mobilidade pode chegar a dois anos.

A entidade utiliza as mais modernas técnicas de treinamento para que o cão não se torne apenas um serviçal, mas que também tenha prazer em ajudar o seu dono. Depois dos treinamentos específicos para que os animais consigam ajudar, ainda existe uma outra etapa muito importante no trabalho: a formação das duplas.

O cadeirante só ganha o direito de ter o animal treinado depois que ambos passam por um tempo de adaptação. É necessário que o cão tenha afinidade com as pessoas que vão precisar da sua ajuda.

Conheça mais sobre o trabalho desenvolvido no site da Cão Inclusão.

Postado em - Atualizado .


Pela Web

Comentários