Fofuxo.com

Conheça a história do cachorro que tornou seus donos milionário

Cão encontrou moedas raras e valiosas enterradas no pátio da residência.

Com certeza todo mundo já ouviu alguma história onde algumas pessoas encontram tesouros raros e valiosos que estavam perdidos. Mas geralmente estes acontecimentos acabam sendo narrados apenas na ficção. Mas como a ficção é baseada na vida real, um casal norte-americano viu sua vida virar da noite para o dia quando o seu cachorro encontrou um valioso tesouro enterrado.

Conheça a história do cachorro que tornou seus donos milionário

A história acabou rodando o mundo esta semana e é surpreendente. Tudo aconteceu quando um casal estava caminhando com o seu cão pelo pátio da sua propriedade, quando percebe que o cão começou a cavar muito em um determinado ponto do chão. Foi quando o casal resolveu ver o que estava ali, e encontrou uma lata cheia de moedas de ouro em excelente estado.

Ao começar a cavar no pátio o casal encontrou mais sete latas com o mesmo conteúdo, o que acabou resultando no montante de 1457 moedas de ouro. Mas a grande surpresa aconteceu quando as pessoas que moram na casa contrataram uma empresa para avaliar o conteúdo das latas e descobriram que elas eram muito valiosas, sendo que todas elas poderiam ser vendidas por um preço de US$ 10 milhões.

As moedas de ouro que foram encontradas são datas do período entre 1847 e 1894. De acordo com a empresa, todas as medas são autenticas e possuem um valor unitário de US$ 27 mil, mas algumas das peças são raras e podem chegar a US$ 1 milhão cada.

Sortudos anônimos

Nem o cachorro e muito menos o casal acabou tendo seus nomes e suas imagens reveladas. Até agora todas as informações são repassadas para a imprensa pela empresa que foi responsável por fazer a primeira avaliação das moedas. O fato teria acontecido no mês de abril do ano passado, mas as informações foram divulgadas apenas agora porque o casal preferiu esperar para confirmar os valores das peças.

De acordo com a empresa, as moedas ainda não foram vendidas, sendo que grande parte das peças deverão ser colocadas em sites de comércio eletrônico para que colecionadores possam efetuar as compras. 

Postado em .


Pela Web

Comentários