Fofuxo.com

Pesquisas afirmam que cães ajudam no tratamento de crianças com autismo

Universidade de Montreal, no Canadá, afirma que os Fofuxos podem melhorar muito a qualidade de vida das crianças com esta doença.

Diversas pesquisas já foram realizadas em diferentes instituições comprovando os benefícios para as pessoas ao escolherem ter um cão de estimação. Mas algumas pesquisas comprovam também que os animais podem ajudar muito as crianças que enfrentam determinados problemas definitivos, como é o caso do autismo.

Pesquisas afirmam que cães ajudam no tratamento de crianças com autismo

A doença um tipo de disfunção global que acaba interferindo diretamente na capacidade do ser humano de conseguir se comunicar com outras pessoas, estabelecer relacionamentos e manter um comportamento considerado “padrão” dentro da sociedade. Milhões de crianças no mundo são diagnosticadas com a doença e acabam tendo que encarar variados tratamentos para a doença e seus sintomas.

Mas algumas instituições científicas realizam pesquisas envolvendo o tratamento destas crianças com a ajuda de animais de estimação, especialmente os cães. E parece que os resultados realmente parecem ser animadores.

Diminuindo o estresse

Pesquisas afirmam que cães ajudam no tratamento de crianças com autismo

Um dos problemas que as crianças com autismo acabam enfrentando desde seus primeiros anos de vida é um elevado nível de cortisol no organismo. Este hormônio é um dos principais causadores do sentimento de estresse e também de ansiedade.

Os pesquisadores criaram grupos envolvendo crianças com autismo e seus responsáveis. Nos grupos foram inseridos contatos frequentes com cachorros, tanto dentro de um ambiente controlado quanto em casa, dentro de um ambiente que acaba sendo mais tranquilo para as crianças. Em ambos os casos os cientistas conseguiram perceber uma redução na presença do cortisol no organismo.

Os pesquisadores também pediram que os pais preenchessem um questionário onde eram apontados os principais comportamentos problemáticos que as crianças com autismo apresentavam.  Depois da inserção dos cães no dia a dia a quantidade de problemas nas listas, de um modo geral, diminuíram. 

Postado em .


Pela Web

Comentários