Fofuxo.com

Dicas para acalmar um gato agressivo

Confira o que pode ser feito para tornar os felinos mais sociáveis.

Os gatos são animais que, na grande maioria dos casos, são tranquilos e muito próximos aos seus donos. Eles gostam de ficar por perto, pedindo carinho e sendo uma boa companhia. É claro que quando a noite chega alguns gostam de sair de casa e dar aquela volta pela região, mas este é um problema que pode ser resolvido com a castração.

Dicas para acalmar um gato agressivo

Por outro lado, também existem alguns gatos que podem acabar realmente dando trabalho para os donos em relação ao comportamento. Acabam sendo mais rebeldes do que o normal, estão sempre irritados e não gostam de pessoas estranhas. Alguns chegam até mesmo a preparar um bote, escondido em lugares altos da casa, para conseguir atacar, ou pelo menos dar um bom susto, nas pessoas que estão chegando.

Assim como acontece com os cachorros, existem diversos motivos que podem tornar um gato agressivo. Alguns deles são fatores internos, que envolvem questões relacionadas as raças, por exemplo. Mas muitos destes fatores são externos, que acabando agindo de fora para dentro nos felinos.

Confira algumas dicas para ajudar a tratar e resolver alguns destes problemas de comportamento dos gatos em relação a sua agressividade.

Determina e causa

O primeiro passo é tentar determinar as causas da agressividade. Ou seja, é muito importante para as pessoas conseguirem entender o que faz com que o gato fique nervoso ou irritado. Este é o primeiro passo para que as pessoas realmente tomem atitudes que possam ajudar não apenas o gato, mas também os afetados pelo comportamento.

Por exemplo, se o gato costuma ficar irritado com a presença de pessoas diferentes no seu animal, um bom indício é de que o problema possa ser de socialização. Neste caso os donos terão que investir tempo em treinamentos envolvendo outras pessoas que fiquem próximas ao gato.

Dicas para acalmar um gato agressivo

Já se o gato costuma ficar nervoso quando o próprio dono se aproxima de um determinado local da casa, é sinal de que ele se tornou dependente demais daquele território. Neste caso, a castração pode ajudar a resolver o problema, já que muitos felinos tendem a defender o território para garantir o acasalamento.

Atitude

Assim como os cães, os gatos também conseguem perceber determinadas atitudes e mudanças de comportamento dos humanos. Por isso é de fundamental importância que as pessoas consigam manter uma postura firme diante do gato, especialmente quando estiver lidando com estes problemas relacionados ao nervosismo.

Interaja mais com o seu gato

Por mais que a tendência seja o afastamento das pessoas dos gatos que apresentam este tipo de problema em relação ao seu comportamento, isso só vai tornar ele mais agressivo. É importante que as pessoas tenham mais contato com estes felinos, interagindo com eles mais vezes durante o dia. Se for preciso, recomenda-se utilizar algum tipo de proteção para evitar que o animal machuque o dono por causa de algum ataque. 

Postado em .


Pela Web

Comentários