Fofuxo.com

Ração na medida certa

Saiba quantas vezes o dono pode colocar ração para o seu cachorro.

Os donos de primeira viagem geralmente costumam ter algumas dúvidas relacionadas a quantidade de vezes que que se deve dar comida ao seu cão. Afinal de contas, é um pouco complicado saber quando eles estão com fome. Muitos demonstram estar pedindo comida o tempo todo, e muitos cachorros possuem esta tendência a comer demais.

Ração na medida certa

Mas os donos sensatos não devem dar comida sempre que achar que o cachorro está com fome, e outro erro muito comum é deixar o prato do cão sempre cheio. É muito importante que o dono faça um controle da quantidade de vezes que este animal está ganhando comida.

De acordo com a opinião da grande maioria dos especialistas, os donos devem dar comida duas vezes por dia para o seu cão, sendo que a divisão deve ser um prato de ração pela manhã e outro prato de ração pela noite. Mas esta regra pode ser aplicada para os cães que já atingiram uma fase adulta. Os filhotes se alimentam com mais frequência, cerca de quatro vezes por dia, mas eles comem menos em cada porção.

Programando a hora da comida

Cachorro deve ter hora de comer.

É muito importante também que o dono tente estabelecer uma rotina junto ao cachorro no que diz respeito a sua alimentação. Este tipo de condicionamento via impedir que uma refeição atropele a outra e assim ele coma a hora que quiser. Para ajudar a colocar o cachorro na rotina, é fundamental que a pessoa sempre coloque a comida em um horário aproximado.

A tigela com a ração deve ser deixada no chão por cerca de 10 minutos, depois disso retire a tigela, mesmo que ele não tenha comido. Se o cachorro comer muito devagar é possível deixar um pouco mais de tempo, mas não mais do que 30 minutos. Depois disso a tigela com a ração deve ser colocada novamente no próximo horário estabelecido.

Além de permitir uma melhor organização tanto do dono quanto do cão, a alimentação em horas determinadas também pode ajudar muito na hora de monitorar a saúde do cachorro. Isso porque muitos males possuem como sintoma a perda de apetite, mas se o cão come um pouco ao longo de todo o dia fica mais complicado saber se ele está ou não com fome. Agora, quando ele está condicionado a comer em uma determinada hora, é possível saber se ele está perdendo o apetite ou não.

Um outro benefício muito importante desta programação do cachorro é que o organismo também acaba regulando a hora de fazer as necessidades. Sendo assim, se o cão costuma comer sempre em um determinado horário, ele geralmente vai querer fazer as suas necessidades em um determinado horário, o que é muito importante especialmente para as pessoas que precisam sair com o cão para fora de casa neste momento. 

Postado em .


Pela Web

Comentários