Fofuxo.com

Quantidade de ração: Confira algumas dicas

Cuidado para não exagerar na quantidade e nem deixar o seu cão com fome.

Para as pessoas que estão tendo as suas primeiras experiências com um cachorro de estimação, existem vários desafios que precisam ser superados. E um deles está diretamente relacionado a comida, ou melhor dizendo, a quantidade de comida que pode ser oferecida para o pet.

Quantidade de ração: Confira algumas dicas

É comum que a grande maioria das pessoas, em um primeiro momento, acabem achando que estão dando pouca comida para os seus cães, principalmente nos seus primeiros anos de vida. Além disso, parece que na grande maioria dos casos eles estão sempre dispostos a comer mais e mais.

Em contrapartida, também existem as pessoas que acabam dando uma quantidade reduzida de comida para o seu fofuxo com medo que ele engorde e tenha uma série de complicações em virtude do excesso de peso.

Tipos de ração

Basicamente temos dois tipos de rações que podem ser oferecidas para os cães: as secas e as úmidas. Ambas são recomendadas e contam com todos os nutrientes que os cachorros precisam, sendo que elas podem ser oferecidas sozinhas ou misturadas já a partir dos 45 das de vida do cãozinho.

Vale lembrar também que os petiscos que são oferecidos para os cães não devem ser levados em consideração como comida, e também não devem ser oferecidos em grandes quantidades.

Cuidando pelas calorias

Uma dica sempre muito interessante para as pessoas que estão começando a alimentar um cão é cuidar as quantidades pelas calorias. De um modo geral, assim como acontece com os humanos, a quantidade de calorias ingeridas ao longo de um dia deve ser suficiente para suprir os gatos diários.

Como as informações sobre as calorias estão sempre descritas nas embalagens das rações, fica muito mais simples controlar utilizando este parâmetro. Como boa parte das informações de referência são dadas por peso, pode ser uma dica interessante ter uma pequena balança, pode ser as que são vendidas para cozinha, com o objetivo de ser mais preciso na hora de definir as quantidades de comida.

Filhotes

No caso dos filhotes, eles acabam comendo mais vezes durante o dia. Por isso a dica é sempre oferecer alimento umas 3 ou 4 vezes por dia, sempre rações específicas para a idade deles. Na medida que o cão vai crescendo ele vai comendo menos vezes durante o dia, e a partir de um ano de idade eles já passam a comer ração para adultos.

Gastos calóricos

Quantidade de ração: Confira algumas dicas

As informações referentes aos gastos calóricos dos cães sempre vão variar de acordo com o tamanho real e individual de cada um deles. Portanto, é sempre recomendado uma avaliação junto aos veterinários para que eles consigam dar uma informação mais precisa.

Cães com baixo nível de atividade

  • Pequeno porte: de 110 a 620 calorias por dia
  • Médio porte: de 620 a 1230 calorias
  • Grande porte: acima de 1230 calorias

Cães com nível de atividade moderado

  • Pequeno porte: de 125 a 700 calorias
  • Médio porte: de 700 a 1400 calorias
  • Grande porte: acima de 1400 calorias

Cães com alto nível de atividade

  • Pequeno porte: 150 a 840 calorias
  • Médio porte: de 840 a 1680 calorias
  • Grande porte: acima de 1680 calorias

Postado em .


Pela Web

Comentários