Fofuxo.com

O que fazer quando o cão come chocolate?

Confira o que fazer quando o animal se alimenta deste produto que pode ser altamente tóxico para ele.

Dentre os alimentos que são considerados tóxicos para os cães, o chocolate talvez seja o mais conhecido entre os donos deste tipo de pet. Muito se fala sobre os problemas que um pequeno pedaço do doce predileto de muitas pessoas pode causar ao melhor amigo do homem, e exatamente por isso é que muitos se preocupam sempre quando existe a suspeita de que o animal tenha comido chocolate.

O que fazer quando o cão come chocolate?

Para os que ainda não sabem, existem dois problemas em relação ao doce conhecido como chocolate que costumamos comer no nosso dia a dia. O primeiro é menor em termos de gravidade: o excesso de açúcar, que pode causar uma série de problemas de estomacais no animal. Mas a grande vilã nesta história do chocolate para os cães é chamada de teobromina, uma substância considerada tóxica.

Muitos donos já sabem que não devem dar chocolate para os cães, mas o problema acontece muitas vezes quando as pessoas não estão nem olhando o que o seu pet está fazendo. São muitos os casos de pessoas que simplesmente esquecem o chocolate em um lugar onde o cão consegue alcançar, ou então deixa dentro da lata de lixo, mas esquece que o cão possui um excelente dom de farejar alimentos que lhe pareçam saborosos e pode, muitas vezes, revirar o lixo atrás do que está despertando o seu desejo.

Confira algumas dicas do que fazer quando o seu cão come chocolate.

Avaliando os riscos

O que fazer quando o cão come chocolate?

Primeiramente é importante para os donos não se deixar levar pelo pânico e conseguir fazer uma avaliação racional do tamanho efetivo do problema. Existe uma grande chance do chocolate não ter um efeito devastador quando for uma pequena quantidade consumida por um cão de médio ou de grande porte.

Se você não estava junto, avalie no local onde o cão comeu o chocolate qual teria sido efetivamente o tamanho do doce que ele acabou comendo. Caso seja mais do que um pedaço médio de chocolate, é sinal de perigo.

Veterinário

A primeira opção nestes casos sempre é levar o cão até o veterinário mais próximo. Junto com o animal também é importante que a pessoa leve a embalagem do doce que foi consumido pelo pet, caso seja possível. Informações em relação as quantidades ingeridas também são importantes no momento da avaliação.

Caso não exista um profissional veterinário por perto no momento do incidente, avalie a seguinte possibilidade:

Indução ao vômito

Na grande maioria dos casos os cães engolem o chocolate quase que inteiro. É possível, em determinados casos, fazer com que o cachorro vomite o alimento, diminuindo assim o risco da toxina ser absorvida pelo organismo. O ideal é usar peróxido de hidrogênio, oferecendo uma colher da substância juntamente com água ou sorvete. Caminhe um pouco com o cão, e dentro de 15 minutos ele poderá vomitar.

Postado em .


Pela Web

Comentários