Fofuxo.com

Dicas para lidar com a agressividade repentina dos cães

Alguns cães se tornam agressivos de uma hora para outra. Veja dicas de como lidar com o problema.

Existem muitos casos de donos que reclamam que o seu cachorro se tornou violento de uma hora para outra, especialmente com as pessoas da própria casa. Mas o que realmente acontece, na maioria dos casos, é que os cachorros passam a dar alguns sinais desta condição com o passar do tempo. Mas os donos realmente só prestam atenção quando os animais realmente partem para as rosnadas ou mordidas.

Dicas para lidar com a agressividade repentina dos cães

Identificando fatores de mudança

Antes de mais nada, é necessário entender o que mudou no entorno do cão para que ele começasse a ficar brabo. Sempre existe um fator condicionante para este comportamento, nunca é do nada. O que acaba acontecendo é que algumas mudanças acabam não sendo relacionadas pelos donos dos animais.

Por exemplo, a chegada de uma criança na família pode mudar radicalmente o comportamento de um cão. Isso porque ele pode ficar com ciúmes por não receber tanta atenção, e também pode ficar estressado por causa do barulho que as crianças costumam fazer.

Outro motivo pode ser uma possível ameaça ao seu território com a chegada de um outro animal ou até mesmo de alguma outra pessoa desconhecida. O cão poderá sentir que está perdendo espaço e partir para o ataque.

O cão também pode estar com alguma patologia que está incomodando ele. Fora a tradicional raiva, qualquer doença canina que pode causar dor pode também deixar o animal nervoso e fazendo com que ele morda as pessoas Todas estas possíveis situações precisam ser avaliados e levadas em consideração.

Como lidar

As ações para tentar tirar a agressividade do cão sempre será condicionada as causas. Se o problema for a chegada da criança ou de alguma outra pessoa, será necessário um treinamento diário para que este cão se acostume com a pessoa. Ele deverá começar a ser aproximado de maneira lenta e gradual, sempre sendo punido quando faz algo de errado mas sendo recompensado sempre que não mostrar sinais de agressividade.

Caso não existe nenhum fator externo que possa estar causando esta mudança de comportamento, é importante levar ele para o veterinário afim de verificar o que está acontecendo. 

Postado em .


Pela Web

Comentários