Fofuxo.com

Cães pequenos e nervosos podem ser controlados

Confira algumas dicas para manter o cão de companhia mais tranquilo.

Quando falamos em medo de ataques de cães, que aflige muitas pessoas pelos mais diversos motivos, a grande maioria deles acabam pensando logo nos cachorros de médio ou de grande porte. Estes são realmente os cães que podem causar um maior estrago quando atacam um ser humano. Portanto, os cães de pequeno porte acabam não botando muito medo. Mas nem sempre essa aparente calmaria se confirma.

Cães pequenos e nervosos podem ser controlados

Não são poucos os casos de pessoas que afirmam que os cachorros de pequeno porte, que também são escolhidos quase sempre como cães de companhia, são muito nervosos. Alguns acabam ficando apenas latindo quando alguma pessoa diferente acaba chegando no seu local, mas existem também aqueles que chegam atacar outras pessoas em determinados momentos.

O fato de um cão ser de pequeno porte não elimina completamente os instintos deles enquanto animais. E muitas vezes este é um dos grandes problemas: o dono não entende o cão de companhia como um cachorro e acaba não corrigindo alguns desvios de comportamento que, quase sempre, acabam se manifestando quando eles ainda são filhotes.

Assim, quando eles mesmo percebem eles acabam criando uma verdadeira fera, que pode acabar causando mais problemas que um cão de grande porte por dois motivos: eles ficam dentro de casa o tempo todo, portanto próximos as pessoas, e ainda por cima não deixam as pessoas em estado de alerta.

Motivos

Cães pequenos e nervosos podem ser controlados

O primeiro passo para tentar resolver o problema é tentar identificar quais são os motivos que levam um cão a atacar, independentemente do porte. Quando ele rosna ou late para uma pessoa que chega perto do seu dono, por exemplo, ele pode estar fazendo isso como ciúmes, que nada mais é do que uma forma de proteção a pessoa que o alimenta. Mas se ele atacar quando as pessoas chegam em um determinado local, ele pode estar defendendo o seu território.

A partir da identificação destes motivos, os donos deverão começar a tratar os cães de pequeno porte como um cachorro comum, que precisa passar por um processo de adestramento para a correção destes pequenos problemas.

Sociabilização

Para os cães de pequeno porte, normalmente os exercícios de sociabilização podem funcionar como uma forma de acabar com estes ataques. É importante fazer com que os animais convivam com outros cães e também com outras pessoas, mesmo que seja aos poucos. Profissionais de adestramentos também poderão ajudar nas situações mais complicadas. 

Postado em .


Pela Web

Comentários